Negra na Turquia : Minha Experiência em Istambul

negra na turquia

Antes de falar como é ser uma turista negra na Turquia, vou falar que minha experiência até o momento se resume a Istambul, cidade que eu adoro e que já fui muitas vezes, só o ano passado fui a Istambul 3x e uma das vezes eu passei um mês na cidade então conheço bem a cidade, tanto os lugares turísticos como os menos turísticos.

negra na turquia

Todo mundo olha para todo mundo

Claro que eu desperto curiosidade em Istambul, em geral não há pessoas negras e durante o mês que passei lá eu cruzei poucos viajantes negros que em geral eram norte-americanos

No começo me incomodava como as pessoas me olhavam, mas quando você passa um mês na cidade você acaba acostumando, e no final eu já nem percebia tanto, no começo foi um choque para mim que moro em Londres, e londrinos nunca fazem contato visual com estranhos, em Istambul é bem diferente.

negra na turquia

Conversando com os amigos turcos, todos foram unânimes em dizer que sim, as pessoas olham para mim porquê sou negra e por consequência diferente, mas sem nenhuma maldade ou racismo, elas olham para mim porquê na Turquia todo mundo olha para todo mundo, e que é simplesmente normal as pessoas olharem as outras.

A verdade é que sim, as pessoas olham mais mas além de ser algo cultural, mas claro que em alguns momentos eu achava que eles olhavam apenas para mim por ser uma turista negra, e como eu estava sozinha eu tinha receio de sofrer algum tipo de racismo durante a viagem, até que percebi que não era apenas comigo (claro que comigo era um pouco a mais) mas todo mundo anda meio checando todo mundo.

como é viajar sozinha para a turquia

Beyoncé, Michelle Obama e Shakira

Eu achava engraçado quando lia em blogs de negras americanas contando que em países com pouca presença de negros, os locais chamavam elas pelo nome de alguma celebridade negra embora não houvesse qualquer semelhança física que fosse além do fato das duas pessoas serem negras.

Em lugares como o Gran Bazaar isso aconteceu algumas vezes, inclusive uma vez eu tava passando com uma amiga e um vendedor começou a cantar Say My Name e os vendedores me chamavam sempre pelo nome de alguma negra famosa.

mesquita azul

A gringa é que tem dinheiro

Se você é negro, provavelmente já passou por alguma situação de racismo no Brasil em lojas, principalmente em lojas mais caras onde o vendedor simplesmente te ignora para dar atenção a alguém branco porquê simplesmente acha que você não tem dinheiro para comprar, em Istambul passei exatamente o contrário.

Numa das minhas viagens eu estava com uma amiga que fisicamente parecia turca, os vendedores simplesmente ignoravam ela e se jogavam em cima de mim, afinal eu é que era turista e tinha dinheiro e foi assim durante boa parte do nosso tempo em Istambul.

TODOS os vendedores falavam comigo e ignoravam minha amiga, ao ponto de um dia eu esquecer minha carteira em casa, e ela pagar tudo para mim, então paramos para comprar umas lembrancinhas ela escolheu, pagou mas na hora de dar o troco o vendedor deu o troco para mim

Alex!

Turcos assim como brasileiros são apaixonados por futebol, e se eles descobrirem que você é do Brasil provavelmente vão te falar de Alex (aquele que jogou no Palmeiras) e do tanto que ele é querido entre os turcos, e em especial pelos torcedores do Fenerbahçe, e os turcos sempre são bem gentis com os brasileiros de modo geral.

Um dia fui parada no Museu de Arte Turca e Islâmica por um senhorzinho, quando ele descobriu que eu era do Brasil e que gostava de viajar ele ficou conversando comigo, me contou que já tinha ido até a Bolívia e me desejou as boas vindas no país.

cuidar do cabelo cacheado durante viagens

Seu cabelo é tão legal…

Em várias ocasiões ouvi isso, praticamente todas as festas que ia se eu falasse com alguma turca elas elogiariam meu cabelo, diriam que acha bonito, e uma chegou até a me dizer que fazia permamente porquê queria ter cabelo cacheado mas que nunca ficou tão legal como o meu.

Para gente não, elas estão olhando é para você!

Uma das primeiras vezes que sai realmente para balada em Istambul eu estava com uma amiga, e eu notei que desde o momento que entrei no bar as turcas não paravam de olhar para mim, e eu até então estava de boa mas a insistência dos olhares começou a pesar e eu comentei com minha amiga como as mulheres do lugar estavam olhando e comentando sobre nós que éramos claramente as únicas estrangeiras do lugar, até que minha amiga olha para mim e solta : ”Elas não estão olhando para a gente, elas estão olhando para você!”

Em alguns momentos eu notei que as turcas olhavam com uma certa insistência para mim, foi o único momento desagradável das minhas viagens, aconteceu em duas ocasiões distintas, mas também já fui em festa onde as turcas me chamavam para dançar com elas e fui sempre bem recebida.

Negra na Turquia : Minhas considerações finais

Ser uma turista negra na Turquia é muito tranquilo, posso dizer que de todos os lugares que já fui eu colocaria Istambul entre os mais fáceis para ser um turista negro, os turcos sempre foram extremamente gentis comigo e me ajudaram sempre nas minhas viagens, nunca passei por nenhuma situação onde pudesse sentir que ser uma turista negra na Turquia me colocasse em desvantagem (contrariamente a muitos outros lugares)

negra na turquia

Eu já fui para Istambul em três estilos diferentes de viagem : em casal, com uma amiga e sozinha e em nenhum momento da viagem sofri racismo ou coisa que o valha, minha experiência como negra na Turquia foi mais tranquila que em certos países da Europa.

negra na turquia

Um rasta na Turquia

Editei o post para falar da minha última ida, com meu irmão e minha cunhada. Se eu super bem tratada e meio que a atração por onde passava, com meu irmão a coisa era pelo menos três vezes maior. Cansei de contar quantas vezes ele era parado na rua, o quanto as pessoas se esforçavam para puxar assunto com ele.

negra na turquia

Para completar um dos dias em Istambul, ele comprou uma camisa de futebol da Turquia, então ai que ele passou a ser muito mais querido. Meu irmão, que além de ser negro como eu, tem cabelo rasta foi muito querido pelos turcos, e só fez meu amor pela Turquia crescer.

Outros posts sobre como é ser uma turista negra em outros países

Hospedagem: Aproveite ofertas exclusivas até 50%. Avaliações dos hóspedes, sem taxa de cancelamento, hotéis baratos, etc.

Passagens Aéreas: Encontre passagens aéreas baratas, encontre passagens aéreas com até 35% OFF.

Ingressos e Excursões: Não perca tempo! Lembranças não são feitas em filas. Reserve com antecedência e evite as filas das maiores atrações do mundo.

Viaje Conectado: O melhor chip internacional entregue em sua casa.

Seguro Viagem: Antes de fazer uma viagem é importante tomar alguns cuidados. Peça uma cotação e escolha o melhor plano: cobertura médica, extravio de bagagem e até cancelamento de voos! Ganhe 5% de desconto em seguro viagem com nosso link!

Loja da Paula : O que levo para viajar.

10 COMENTÁRIOS

  1. Paula,

    Tudo bem? Eu acabei achando seu blog pois estava procurando impressões de viagens à Rússia. Por curiosidade li o post sobre Istambul. Estive por lá em 2012 com mais 2 amigas. E tudo o que você relatou foi o que aconteceu comigo. Sem falar nas inúmeras pessoas que queriam tirar foto comigo, principalmente no interior do país. Adolescente, mães com crianças… No começo eu não me importava mas depois fiquei a ficar incomodada mas minhas amigas falaram para eu relaxar. E foi o que eu fiz. Demora a cair a ficha que há muitas pessoas que só viram pessoas negras na TV ou no cinema. Um outro local onde eu me senti superstar foi em Bangkok mas não por conta dos tailandeses mas sim por conta dos turistas chineses. Vários pediram para tirar fotos. Então, não sei se você já foi mas se um dia for a China, acredito que você chamará atenção. Boas viagens para ti!

  2. adorei anotei todas as dicas…e ca entre nos…uma moça tao bonita……é pra se olhar e admirar…mulheres bonitas chamam atenção e voce tem um plus a mais……charme de bahiana e brasileira…..
    assim como tambem sei q eles os homens turcos olham mesmo……..jogo gamao com muitos turcos e sei coomo sao atrevidos….ahahhahahha
    beijocas….anotado todas as dicas…qto a comida…sou chatissima….acho q vou comer so kibe

  3. Oi Paula fiquei muito feliz em saber que o povo da Turquia são educados e gentis, meu sonho é conhecer a Turquia amo assim as novelas turcas , abraços para você

  4. Interessante! Existem tantos lugares nesse vasto mundo de Deus, quem cria oportunidades e, tem audácia, deve partir pra cima! Sou cuiabano, filho de pai baiano, Parabéns e muito sucesso!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.