Polônia : 10 Motivos para Conhecer esse País!

Polônia

Eu sei que quando a gente pensa em uma visita a Europa, pouca gente inclui a Polônia no roteiro, aliás muita gente sequer sabe onde fica a Polônia e quais cidades visitar. A Polônia fica “atrás” da Alemanha, perto da República Tcheca, Ucrânia, Eslováquia e está entre os dez maiores países da Europa por área.

Posso parecer suspeita para falar porquê já fui lá 3x desde 2013 e pretendo voltar para conhecer mais cidades desse país um tanto esquecido, a cada ida eu volto gostando ainda mais da Polônia, e com mais vontade de conhecer esse país a fundo.

Onde fica a Polônia

Não poderia começar a falar dos motivos para vocês conhecerem a Polônia sem antes mostrar onde fica. A Polônia fica na Europa Central, perto da Alemanha, República Tcheca, Eslováquia, Bielorrúsia e Lituânia.

gdansk

Meus 10 motivos para conhecer a Polônia

1 – É um pais pouco conhecido

Eu não sei vocês, mas tem muitos países que eu tenho vontade de ir justamente porquê ele é pouco conhecido, por não saber muito bem o que esperar e por não ter ideia de como ele seja.

A Polônia está longe de ser um país altamente turístico como França, Espanha ou Itália, e por isso mesmo a gente não tem uma ideia do que encontrar, se alguém perguntar o que vem a cabeça quando você pensa na Polônia, qual seria sua resposta?

Eu conhecia pouco da Polônia antes de ir a primeira vez, tive uma enorme surpresa ao ver o quanto Varsóvia era moderna, gostei tanto da cidade que três anos depois voltei para passar um final de semana, e pretendo ir novamente porquê sempre pego tempo feio e acabo não conhecendo tudo que quero conhecer.

2 – Belezas naturais

Por ser um país grande, a Polônia é também muito rico e diverso em paisagens, tem praias, montanhas, neve, florestas. As Tatras que são as montanhas mais conhecidas lá, ficam na fronteira com a Eslováquia e tem uma parque natural lindo.

Tá certo que as praias na região de Gdansk são banhadas pelo Mar Báltico, e estão bem longes de ter as temperaturas das nossas praias, mas ainda assim o país é rico em belezas.

varsóvia

3 – História

A Polônia tem uma História interessantíssima, você sabia que a Polônia já foi o segundo maior país em área da Europa? Perdendo apenas para a Rússiaassim como também já foi praticamente inexistente como estado.

Em Varsóvia aprendi que a cidade foi quase totalmente destruída durante a Segunda Guerra, sabe aqueles prédios bonitos e colorido do centro histórico? São reconstruções!

O palácio também é na verdade uma cópia, o centro de Varsóvia foi talvez o lugar mais destruído de todos os lugares atingidos pela guerra, eu aprendi muita coisa sobre a Segunda Guerra na minha primeira visita a cidade.

Polônia

4 – Comida da Polônia

Come-se muito bem na Polônia! Muitos pratos levam batatas, couve, linguiça e bacon também é bem comum, para mim a culinária polonesa é a típica culinária de inverno, quando precisamos de mais energia.

Essa sopa servida no pão chama Zurek e é o meu prato polonês favorito! É uma sopa feita com linguiça, batata e pedaços de ovos cozidos que é uma delícia! Geralmente a comida polonesa é bem farta e um tanto gorda para os meus padrões, mas a cada vez que vou a Polônia eu tento sempre experimentar algo diferente.

Tem ainda Bigos, outro prato bem conhecido, e barszcz que é uma sopa de beterraba e que lembra borsch, a sopa de beterraba russa. Muitos pratos poloneses tem variações em culinárias de outros países eslavos.

Polônia

Acho que o prato polonês mais conhecido é esse aí, o Pierogi que eu provei pela primeira vez na minha viagem em 2013 e desde então a  cada vez que vou a Polônia, como pelo menos uma vez.

O pierogi é um primo próximo do pelmeni russo e de outros pratos da Europa Central e do Leste, embora a maneira mais comum é cozido, tem também pierogi frito e doce com calda de maçã usado na sobremesa.

dinheiro polones

5-  A Polônia é barata

A Polônia é o pais europeu mais barato que já fui, absolutamente tudo é mais barato que na maioria dos vizinhos europeus. Apesar de pertencer a União Europeia, a Polônia não usa o Euro como moeda e sim a sua própria moeda, o zloty.

Para quem tá com o orçamento apertado, a Polônia é uma maravilha para viajar, dá para economizar, ou se você preferir, comer em restaurantes melhores pagando o mesmo preço de outros países, e dormir também em hotéis melhores pagando metade do preço de uma grande capital da Europa.

Outra coisa é para compras, sempre que vou a Polônia eu aproveito para me reabastecer de algumas coisas que são bem mais baratas lá, seja cosméticos, roupas, sapatos, etc…

Na minha última ida a Varsóvia eu comprei um par de botas de couro por menos da metade do preço que eu pagaria em Londres.

6 –  Campo de Concentração de Auschwitz 

Quando escrevi sobre Auschwitz aqui no blog, muita gente me disse que não teria coragem de ir, e eu acho justamente é que todo mundo deveria ir!

É um lugar sofrido, doloroso, e foi um dos posts mais difíceis de escrever aqui no blog, mas justamente para honrar aquelas pessoas que deixaram a vida lá é que precisamos ver esse tipo de coisa!

Precisamos lembrar que Auschwitz não começou com Hitler mandando judeus para as câmaras de gás, e sim com discurso de ódio igualzinho ao que muitos políticos pregam hoje em dia, as pessoas precisam saber os horrores que esse tipo de discurso é capaz, e o quanto a humanidade é capaz de odiar, precisamos saber esse tipo de coisa para poder combater, essa onda de intolerância que estamos atravessando.

7 – Povo polonês

Mais uma vez eu não fazia ideia de como era o povo polonês, a minha única referência era uma polonesa que estudou três meses comigo em Paris, e nunca tive muito contato com ela, então não tive ideia do que esperar e mais uma vez a Polônia me surpreendeu com a simpatia e gentileza do povo.

É verdade que à primeira vista, os poloneses não parecem o povo mais simpático do mundo, mas tive uma excelente experiência, principalmente na minha primeira vez no país, estava viajando sozinha e fui para Varsóvia e Cracóvia, e a cada vez que me perdia (sou daquelas que se perde com mapas!) aparecia alguém muito simpático para me ajudar, mesmo as pessoas que falavam pouco inglês tentavam me ajudar.

Voltando de Cracóvia para Varsóvia, eu peguei um desses trens mais antigos onde os assentos ficam dentro de uma cabine, e dentro da minha cabine viajava uma turista australiana, uma jovem polonesa, uma freira igualmente polonesa, eu e um casal polonês do interior.

Como a menina polonesa e a freira falavam inglês, começaram a puxar papo comigo, ficaram encantadas de ver uma brasileira conhecendo o país delas. Conversaram muito comigo e mesmo o casal que falava apenas polonês, com a ajuda das duas outras conseguiram se comunicar e me oferecer uma porção de doces e comidas tipicamente poloneses que eles trouxeram para comer durante a viagem, voltei com excelente impressão dos poloneses.

Polônia

8 – A beleza das cidades

Até agora, eu só conheço três cidades na Polônia : Varsóvia, Cracóvia e Gdansk e achei todas elas lindas! Todas tem um centro histórico muito bonito, com casinhas fofas que parecem saídas de um livro de conto infantil. Eu imaginava a Polônia com mais construções soviéticas e mais cinza, e me surpreendi com a arquitetura de todas as cidades que visitei.

Polônia

9 –  Casas coloridas

Acho que foi uma das coisas que mais me encantou em Varsóvia, cheguei lá num dia extremamente cinzento e o contraste entre as casas coloridas e o céu deixou o meu dia mais feliz. Várias cidades tem essas casinhas coloridas no centro, Poznan, Gdansk e Wroclaw também são conhecidas por ter um centro histórico cheio de casinhas coloridas.

10 – Localização central

A Polônia está bem no centro da Europa, perto de vários outros países, e por isso mesmo é fácil de adicionar esse país ao seu roteiro, principalmente para quem pensa em viajar pela Europa Central e do Leste.

Há inúmeros trens noturnos que ligam algumas cidades da Polônia a Budapeste, Viena e Praga, e a outras cidades inclusive nos Balcãs, tanto por trilhos como de ônibus, a Polônia é bem central e fácil de encaixar numa viagem com outros países da Europa.

Booking.com

Hospedagem: Aproveite ofertas exclusivas até 50%. Avaliações dos hóspedes, sem taxa de cancelamento, hotéis baratos, etc.

Passagens Aéreas: Encontre passagens aéreas baratas, encontre passagens aéreas com até 35% OFF.

Ingressos e Excursões: Não perca tempo! Lembranças não são feitas em filas. Reserve com antecedência e evite as filas das maiores atrações do mundo.

Viaje Conectado: O melhor chip internacional entregue em sua casa.

Seguro Viagem: Antes de fazer uma viagem é importante tomar alguns cuidados. Peça uma cotação e escolha o melhor plano: cobertura médica, extravio de bagagem e até cancelamento de voos! Ganhe 5% de desconto em seguro viagem com nosso link!

Loja da Paula : O que levo para viajar.

19 COMENTÁRIOS

  1. A Polônia é uma país interessante mesmo.. As suas principais cidades apesar de terem em grande parte sido destruídas nas guerras foram restauradas e mantiveram o seu charme histórico.. Quanto ao povo minha experiência não foi tão boa quanto a sua, mas não necessariamente pelo quesito simpatia e sim quesito higiene pessoal 😛 Mas deixa para lá rsrs

  2. Aww eu sempre tive interesse em conhecer este país, aliás, preciso conhecer a Europa toda rs. A Polônia é um charme e me encanta esse coloridinho dos prédios. E confesso que fiquei aqui morrendo de vontade de experimentar um dos pratos que mencionei, a sopa de beterraba rs. Sou daquelas que gosta de seguir uma dieta saudável 😉
    Beijos

  3. Estive por duas vezes na Polônia e quanto mais conheço, mais eu gosto!! Se tivesse que escolher uma cidade favorita na Polônia seria Gdansk. Ah, concordo com vc quanto a simpatia do povo. Estudei com poloneses na Alemanha (muito antes de ir pra lá) e rolou empatia na hora!! Ah, e a comida é boa e barata!! 🙂 Parabéns pelo post, me deixou com sdd de lá!!

  4. Fui a Polonia em 2015 ..e as expectativas foram muito ultrapassadas. simplesmente ADOREI . .. ja marquei minha proxima viagem esse ano ..e polonia sera ponto de passagem obrigatorio do nosso roteiro.

  5. Também gostei muito de Cracóvia e Varsovia Concordo com suas palavras sobre o campo de concentração e a verdade sobre o mentiroso Hitler Livros e guia Gerard explicando Jasna Gora que proteja a todos nós ?????

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.