Negra na Tailândia : Minha Experiência como Turista

como começar a viajar sozinha

Eu deveria ter escrito sobre como é ser negra na Tailândia alguns anos atrás. A Tailândia foi o primeiro país que eu conhecia na Ásia e por isso tenho um carinho especial. Se eu disser para vocês que eu passei totalmente despercebida na Tailândia, estaria mentindo. Também não recebi olhares como na China por exemplo, era tudo muito mais sutil.

Como é ser uma turista negra na Tailândia

Acho que o lugar que mais vi negros na Tailândia foi em Koh Phi Phi, vi alguns negros americanos e pela primeira vez eu não era a única negra na Tailândia. Antes mesmo da viagem, já sabia da obsessão dos tailandeses por pele clara e já tinha lido coisas bem desagradáveis sobre isso.

Grande Palácio de bangkok

Ainda lembro um dia que estava num dos muitos templos de Ayutthaya. Era uma tarde de calor e eu estava me refugiando no templo, era uma das raras turistas lá. Um monge, com o pouco inglês que tinha, me soltou um “seu cabelo é bonito” e alegrou a minha tarde.

Durante toda a minha viagem, fui praticamente a única negra na Tailândia, e na minha última viagem eu passei mais de uma semana sem ver outra pessoa negra. Falando dessa minha última viagem, pensei que ia ser um pouco mais complicado por estar numa cidade bem pequena e nada turística, mas me surpreendi.

nakhon phanom

Uma turista negra no interior da Tailândia

Minha última vez na Tailândia, eu estive numa cidade pequena no norte do país. Assim que cheguei no aeroporto de Nakhon Phanom, me pediram para tirar foto comigo. Pedir não é exatamente a palavra já que a pessoa não falava inglês. Ele me mostrou a câmera e sorriu, eu estava completamente descabelada mas aceitei, ele me agradeceu com um sorriso.

Depois desse primeiro episódio no aeroporto, aconteceram alguns outros de pedirem fotos e sempre fui recebida com um sorriso. Estava um tanto apreensiva, já que iria para uma cidade bem pequena e sem turistas, mas tudo correu bem. Minha apreensão não era exatamente de ataque racista, mas de olhares insistentes

o que fazer em nakhon phanom

Eu passei quase uma semana inteira em Nakhon Phanom, uma cidade pequena na Tailândia. Praticamente não vi turistas na cidade, e eu fiz muito turismo de experiências, visitando minorias étnicas. Por ter ido visitar comunidades que nunca viram estrangeiros, pensei que fosse ser mais difícil, mas felizmente estava errada.

o que fazer em nakhon phanom

Eu fui em um vilarejo, e tenho certeza que era a primeira vez que aquelas pessoas viam uma pessoa negra. Era um vilarejo de uma minoria étnica do norte da Tailândia, tudo muito afastado e era a primeira vez que eles recebiam turistas. Eu fiquei imaginando que as pessoas iam querem tocar em mim, como já ouvi relatos em outros lugares mas foi tudo muito tranquilo.

As mulheres foram extremamente simpáticas comigo, mas nem mais nem menos que com as outras que estavam comigo. Pensando melhor, é verdade que eu e a loira do meu grupo recebíamos mais pedidos de foto que as outras, mas é que nós duas éramos realmente ais diferentes do resto do grupo.

Comidas na Tailândia

Sorrisos e sorrisos

A Tailândia é conhecida como a Terra dos sorrisos e isso é bem verdade. Não posso dizer que conheço super bem o país, mas já estive em Bangkok, nas ilhas e mesmo em cidades pequenas e nada turísticas, e a gentileza dos tailandeses quase sempre é a mesma. Tá certo que em Krabi eu senti menos sorrisos, mas no geral os tailandeses são sempre muito gentis com os estrangeiros.

Na última viagem, quando cheguei no meu hotel em Bangkok, a recepcionista sorriu quando me viu. Depois de fazer o meu check-in e me explicar como funcionava o hotel, ela fez um elogio ao meu cabelo. Ela disse que achava bonito e que já fez permanente no passado.

negra na tailandia

Clareamento de pele na Tailândia

Claro que nem tudo são flores! A minha experiência é apenas como uma turista negra na Tailândia, não sei se o tratamento seria o mesmo se eu morasse lá ou se fosse um homem negro. Também não consigo me manter indiferente a todas as propagandas de clareamento de pele e todos os produtos com agentes clareadores que vi na Tailândia.

A Tailândia, é um dos países da Ásia onde o apelo da pele clara é maior, e é “engraçado” ver isso tão forte justamente num país de pele mais escura. É praticamente impossível comprar qualquer cosmético ou produto de higiene na Tailândia que não prometa clarear a pele. Sério! De sabonete líquido a hidratante corporal e maquiagem, passando ainda por desodorante e creme para mãos.

Ter a pele mais clara, é um sinal de status social desde os tempos antigos, afinal as pessoas mais ricas tinha meios de se proteger do sol. Ainda hoje existe esse coisa de que as pessoas mais pobres, trabalham no campo ou nas ruas, e as mais ricas em escritórios e por isso não são queimadas do sol. Ou seja, ter a pele mais clara é associado com ter uma melhor educação, melhor salário e consequentemente ser mais rico.

Pele clara e pele escura

Isso não necessariamente está relacionado apenas com pessoas negras, uma vez que isso já existia em Tailândia antes mesmo de qualquer contato com o mundo ocidental e de ver uma pessoa negra. E mesmo pessoas tailandesas ou de outras partes do Sudeste Asiático sofrem o mesmo preconceito.

Em praias na Tailândia, você jamais verá locais tomando banho. O pessoal (mulheres principalmente) se cobrem totalmente na praia. Uma outra coisa que notei é que em alguns lugares mulheres usam maquiagem muito mais clara, para parecer mais clara mas o efeito é bem estranho. Não é coisa de um tom mais claro, mas vários tons, de parecer quase um fantasma mesmo.

Embora minha experiência como negra na Tailândia tenha sempre sido positiva, não consigo fechar os olhos para relatos de outros negros que encontrei na internet. Fui muito bem recebida, mas não nego que ver as milhares de propagandas pregando que pele clara é o ideal não me deixou desconcertada.

Hospedagem: Aproveite ofertas exclusivas até 50%. Avaliações dos hóspedes, sem taxa de cancelamento, hotéis baratos, etc.

Passagens Aéreas: Encontre passagens aéreas baratas, encontre passagens aéreas com até 35% OFF.

Ingressos e Excursões: Não perca tempo! Lembranças não são feitas em filas. Reserve com antecedência e evite as filas das maiores atrações do mundo.

Viaje Conectado: O melhor chip internacional entregue em sua casa.

Seguro Viagem: Antes de fazer uma viagem é importante tomar alguns cuidados. Peça uma cotação e escolha o melhor plano: cobertura médica, extravio de bagagem e até cancelamento de voos! Ganhe 5% de desconto em seguro viagem com nosso link!

Loja da Paula : O que levo para viajar.

2 COMENTÁRIOS

  1. Eu me surpreendi muito ao ler esse seu relato ,eu não sabia que a Tailândia era assim em relação a pele clara ,nesse quesito lembra muito a Coréia,eu fiquei um pouco triste pois estava vendo um filme tailandês que a menina para ficar bonita começa a clarear a pele ,e a professora assim como a amiga da garota se referiu a pele escura como sendo ”feia” .Porém depois de ler o seu relato e de saber como foram simpáticos até que gostei apesar de nunca ter tido vontade de visitar esse país.

  2. Todas as vezes que viajo eu pesquiso sobre racismo nos paises que vou conhecer, sou negra e meu filho misturado, mas mais pra negro que branco e vou pra Tailandia esse ano e estou achando seu relato muito curioso. se alguem tirar foto comigo eu volto pra contar.
    beijos e obgd pelo blog

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.