Francês Canadense : Diferenças para o Francês Europeu

Francês Canadense : Diferenças para o Francês Europeu

francês canadense

Não importa o seu nível de francês, se você como 90% das pessoas aprendeu o francês europeu, você vai sofrer para entender o francês canadense, ou o québecois como ele é chamado pelos outros francófonos. O francês é uma das línguas oficiais do Canadá, e estima-se que 30% dos canadenses sejam francófonos.

O Justin Trudeau, Primeiro Ministro do Canadá é francófono, e em Montreal que é a segunda maior cidade do Canadá é uma cidade francófona, assim como toda a região do Québec onde o francês é a primeira língua dos habitantes.

francês canadense

Francês Canadense x Francês Europeu

As diferenças são mais ou menos como o português do Brasil e o português europeu, ou o espanhol latinoamericano e o europeu ou ainda inglês britânico e americano. Além do sotaque ser completamente diferente, há palavras e expressões completamente diferentes.

Eu morei quatro anos na França, tenho nacionalidade francesa e falo fluentemente o francês, mas ainda tenho certa dificuldade com o francês canadense. Claro que depende de onde a pessoa vem, e a maneira dela falar, mas em geral a gente precisa acostumar o ouvido na primeira vez que ouve.

Meu primeiro contato com o francês canadense foi quando vi uma entrevista da Céline Dion em francês, sua língua nativa. Eu tava assistindo e não entendia porquê ela falava daquele jeito, eu juro que achei que ela sofria de algum distúrbio de fala, ou que tinha sofrido alguma paralisia como as causadas por um AVC, eu achava que era um problema e era apenas francês canadense 😀

Quando fui para Cuba também encontrei com muitos canadenses e não é que seja difícil ou que eu não entenda, mas é que eles tem uma entonação diferente das pessoas que falam o francês europeu, além de ter algumas palavras diferentes, então nem sempre eu conseguia entender 100% da conversa, ainda por cima tenho certeza que usavam algumas expressões regionais.

Eu lembro de um programa canadense chamado Têtes a claques, é um programa humorístico mas que nem sempre eu conseguia rir, simplesmente porquê não conseguia entender tudo! 😀 😀 O que me consolou foi saber que nem os próprios franceses entendiam direito tudo que eles diziam.

Minha prova dos nove do francês canadense aconteceu recentemente quando fui pro Canadá e fiquei praticamente só em Montréal, que é a maior cidade francófona do Canadá, e já no avião fui tentando acostumar meus ouvidos para o sotaque do francês canadense.

Vous venez de France?

Algumas vezes durante minha estadia em Montreal me perguntaram se eu era da França, porquê claro que eles percebem que eu não tenho sotaque de francês canadense, e sim do francês europeu mesmo um francês podendo reconhecer meu sotaque de estrangeira a quilômetros de distância.

Quando fui comprar o chip do meu celular, o rapaz que me atendeu queria saber qual era a minha operadora de celular e começou a perguntar o nome de várias operadoras francesas e quando eu disse que não morava na França ele disse que deduziu pelo jeito que eu falava.

francês canadense

Diferenças entre o francês canadense e o francês europeu

Eu contei no post sobre onde comer em Montreal que a cidade é cheia de cafés descolados e muitos lugares para tomar café da manhã, não é mesmo? Isso terminou gerando uma anedota porquê algumas vezes eu quis ir em algum restaurante especialista em café da manhã e fiz uma confusão danada porquê as refeições tem nomes trocados para mim.

Café da manhã em francês europeu é petit-déjeuner mas em francês canadense é apenas déjeuner. O problema é que déjeuner é almoço em francês europeu, e quando eu via essa palavra achava que estavam falando de almoço, quando na verdade era café da manhã! O que é almoço em francês canadense, é jantar no francês europeu, e eu queria ir num restaurante tomar café da manhã, mas quando vi que estava escrito déjeuner, eu achei que eles só serviam almoço, e na verdade era café da manhã em francês canadense!

francês canadense

Uma outra coisa foi que melancia se chama melon d’eau em Québec, coisa que vem claramente do inglês watermelon enquanto na França dizemos pastèque. Mirtilo (blueberry) é outro exemplo, que se chama bleuet no Québec mas mirtille em francês europeu.

De maneira geral, o francês canadense é mais arcaico porquê ele não evoluiu como o francês europeu, e quando digo arcaico aqui não tem conotação negativa, mas sim uma conotação temporal mesmo, então o francês canadense é mais próximo do francês da época da colonização, tanto as palavras usadas como a pronúncia e entonação das palavras.

francês canadense
No francês canadense eles usam “Téléphones intelligents” enquanto na França se usa a palavra em inglês smartphone

Outra coisa que notei é que os canadenses estão mergulhados num mundo anglófono, então algumas palavras que usamos em inglês na França eles fazem questão de traduzir como é o caso de smartphone por exemplo. Outra coisa que achei diferente foi a placa de trânsito de PARE, na França ela tem o nome de STOP, assim mesmo em inglês e no Québec ela é traduzida para ARRÊT,  e eu não tiro a razão deles, Montreal já está bem perto de Ontario, uma província anglófona e se não houver alguns esforços o francês seria “engolido”.

No final o meu receio com o francês canadense foi um pouco exagerado, eu consegui entender todo mundo e todo mundo me entendeu, embora de vez em quando eles usassem algumas expressões que eu não conheço, mas no final é a mesma língua e se você fala um ou outro, não vai ter maiores problemas.

Planeje sua viagem e aproveite as ofertas dos nossos parceiros

Pesquisa de voos baratos: Pesquise e compare voos no JetRadar

As melhores ofertas de hotéis estão aqui: Booking.com

Se você prefere viajar de trem: Rail Europe

Aluguel de carro: As melhores tarifas para alugar um carro

Ônibus Turístico no mundo todo: Big Bus Tours

Reserve os ingressos para atrações e tours guiados: Ingressos corta fila para atrações no mundo todo

Prepare a sua viagem com os guias: Planeje já sua viagem!

Seguro de viagem, simples e flexível: Comprar, prolongar e requisitar online

A cada vez que você reserva pelo meu blog, eu ganho uma pequena comissão que ajuda a manter o blog, obrigada!

About The Author

Uma menina baiana morando em Londres, apaixonada por cosméticos, e por viagens.. Adora viajar e tem uma queda por Istambul e Tóquio.

Related posts

2 Comments

  1. Ana Zacchello

    Muito bacana o post! Ri litros com a história da Celine Dion! hahahaha
    Tenho uma amiga francesa, que mora em Bruxelas e ela já sente muita diferença com o francês belga. Fico imaginando o choque é que ouvir o francês canadense! 🙂

    Reply

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *