Roteiro de 2 Dias em Helsinque : O que Visitar

Roteiro de 2 Dias em Helsinque : O que Visitar

roteiro de 10 dias pela Finlândia, rússia e países bálticos

Helsinque é uma das capitais menos visitadas da Europa, e acredito que isso se dá pela combinação de ser uma capital pequena para os padrões de Europa, fria em boa parte do ano, e também pela Finlândia ser um tanto desconhecida ainda de muitos de nós, a maioria não sabe quem o que esperar de Helsinque.

roteiro de 2 dias em helsinque

Helsinque também não é uma cidade cheia de monumentos conhecidos, a maioria das pessoas não conseguem citar muita coisa da capital finlandesa, até porquê o que conhecemos mais é sobre a Finlândia ser a terra do Papai Noel, sobre renas e aurora boreal, mas bem pouco sobre Helsinque.

roteiro de 2 dias em helsinque

Eu estive em Helsinque duas vezes, e sei que a maioria das pessoas aproveitam que estão em Helsinque para conhecer um pouco mais dos países próximos, então geralmente fazem a casadinha Helsinque-Tallin na Estônia ou ainda combinam com Rússia e Países Bálticos

roteiro de 2 dias em helsinque

O fato é que geralmente as pessoas passam poucos dias em Helsinque, geralmente dois ou três dias no máximo, o que acho suficiente, e se você não pretende ir a museus e visitar a fundo tudo, dois dias inteiros em Helsinque bastam para visitar a cidade, que é bem compacta e dá para fazer tudo a pé, basicamente tudo que a gente vai ver fica no centrinho, próximo do porto.

Roteiro de 2 dias em Helsinque

Roteiro de 2 dias em Helsinque

 

Dia 1

As principais atrações de Helsinque ficam ao redor do porto da cidade, eu tive sorte de ter visitado a cidade sempre no verão e peguei dias bonitos e super longos na cidade. Helsinque é uma cidade bem marítima e tudo acontece meio que envolta do porto, ou onde algum braço de mar chega.

roteiro de 2 dias em helsinque

Na frente do porto fica a feirinha principal de Helsinque, que é uma feirinha dessas comuns mas que também vende alguns objetos artesanais, e é um bom lugar para comprar lembrancinhas de Helsinque e começar a visita da cidade. Além das barraquinhas de frutas e lembrancinhas, há também barraquinhas de street food com comida finlandesa.

Roteiro de 2 dias em Helsinque

Catedral de Uspenski

Do porto mesmo já dá para ver a Catedral de Uspenski, uma catedral ortodoxa herança da dominação russa no país, já que os finlandeses são protestantes. Vale muito a pena subir a pequena colina para visitar a catedral com suas cúpulas redondas.

roteiro de 2 dias em helsinque

10 coisas para fazer em helsinque

Por dentro, a catedral perde a sua sobriedade e dá lugar a muita decoração e a muitas imagens e muito dourado. Eu já tinha visitado algumas catedrais ortodoxas, mas essa foi a primeira que visitei que era assim carregada, a ponto da gente não saber muito bem para onde olhar, depois eu visitei algumas em São Petersburgo e percebi que essa até que não era tão carregada em relação as outras.

roteiro de 2 dias em helsinque

roteiro de 2 dias em helsinque

Entre o porto e a catedral a gente passa pela Ponte do Amor, onde os apaixonados colocam cadeados simbolizando o amor. Há também algumas estátuas e pequenos monumentos ao redor. Helsinque é muito mais uma cidade de pequenos monumento que de grandes monumentos.

roteiro de 10 dias pela Finlândia, rússia e países bálticos

Catedral de Helsinque

O cartão-postal da cidade é mesmo a Catedral de Helsinque, que fica no alto da Praça do Senado. A catedral é Protestante, e por dentro ela é bem simples, não espere muito ouro e imagens, por dentro ela tem bancos de madeira bem simples, um altar simples e um órgão, ela é muito mais bonita por fora que por dentro. No fundo eu até gostei da simplicidade dela, me fez repensar algumas coisas.

 

roteiro de 2 dias em helsinque

O restante do dia dá para sair andando sem rumo, pode pegar o bonde e dar umas voltas, eu fiquei andando pelas ruas comerciantes, mas com exceção de algumas lojas onde os preços são praticamente os mesmo em todos lugares tipo Zara e H&M, Helsinque não é o lugar ideal para compras, já que é uma cidade cara.

roteiro de 2 dias em helsinque

roteiro de 2 dias em helsinque

A cidade é bem compacta é dá para fazer praticamente tudo a pé, principalmente se você estiver hospedado nos arredores do porto ou da estação central. Como eu fui no verão, o dia era muito longo e eu pude aproveitar mais, já que o dia estava claro até por volta das 23h.

 

Dia 2

Roteiro de 2 dias em Helsinque

Helsinque não é lá uma cidade com tantos atrativos e monumentos na rua, mas eu gostei dos museus da cidade e acho que vale a pena visitar pelo menos um. O que mais gostei foi o Ateneum, que é a galeria nacional da Finlândia, e o principal museu de arte de Helsinque.

10 coisas para fazer em helsinque

SkyWeel Helsinki

Pode aproveitar para conhecer a roda-gigante de Helsinque, que chega aos 40m de altura e tem oferece uma vista panorâmica da cidade. No dia que eu fui, estava um dia lindo e dá para ver as principais atrações de Helsinque lá do alto.

10 coisas para fazer em helsinque

A roda-gigante funciona com cabines fechadas, e praticamente não tem filas, é só chegar, comprar o bilhete e ir, para mim a única desvantagem é que as cabines possuem um vidro azulado, e as fotos lá do alto ficam um pouco comprometidas, afinal você está fotografando atrás de um vidro azul. Essa foi uma das fotos que tirei lá de cima, a vista é ótima, mas peca um pouco na cor.

Suomenlinna

No segundo dia a minha dica é visitar Suomenlinna que é a fortaleza de Helsinque. A Finlândia já esteve dominada pela Suécia e pela Rússia, sendo que essa fortaleza foi construída na verdade construída a pedido do rei da Suécia, quando a Finlândia foi anexada, por medo das invasões russas.

Todos os dias há diversas excursões a Suomenlinna, que fica a uns 20 minutos de barco do porto de Helsinque e na fortaleza dá para passar pelo menos umas duas horas visitando. Se você gosta de natureza e for num dia de verão, pode inclusive fazer um piquenique lá.

roteiro de 2 dias em helsinque

Há visitas guiadas para quem quiser conhecer um pouco mais da História da Finlândia, e a importância do lugar que foi tombada como patrimônio mundial pela Unesco. Aproveite para conhecer os museus que ficam lá, e visitar as diversas exposições, sempre há algo de interessante para fazer por lá, além de ser um lugar que dá para passar metade de um dia pois há cafés e restaurantes.

Uma dica : Mesmo no verão, não subestime a temperatura, eu fui no verão e apesar de não estar frio, estava ventando muito, e a Suomenlinna é um lugar aberto, e mesmo andando no sol, em alguns momentos a gente tinha a sensação de estar mais frio, e por causa do vento eu aproveitei menos e explorei menos o lugar.

onde comer em helsinque

Restaurantes em Helsinque

Eu comi muito bem em Helsinque, e o que mais gostei foi poder comer carnes exóticas e comidas diferentes. De modo geral tem muito peixe defumado, muito salmão na culinária finlandesa, mas há também carnes de caça como alce, rena e até mesmo urso. Eu tenho um post especial com dicas de restaurantes em Helsinque com mais detalhes.

Mesmo que você esteja tentando fazer uma viagem mais econômica e queira aproveitar a oportunidade para experimentar essas carnes, pode comer nas barraquinhas que ficam na feirinha no porto de Helsinque, um dos dias da minha viagem eu comi almôndegas de rena lá, e era mais barato que nos restaurantes.

 

Mapa das Atrações de Helsinque

Outros posts sobre Helsinque

 

Eu visitei algumas atrações a convite do #HelsinkiSecret mas as opiniões são minhas e imparciais.

Planeje sua viagem e aproveite as ofertas dos nossos parceiros

Pesquisa de voos baratos: Pesquise e compare voos no JetRadar

As melhores ofertas de hotéis estão aqui: Booking.com

Se você prefere viajar de trem: Rail Europe

Aluguel de carro: As melhores tarifas para alugar um carro

Ônibus Turístico no mundo todo: Big Bus Tours

Reserve os ingressos para atrações e tours guiados: Ingressos corta fila para atrações no mundo todo

Prepare a sua viagem com os guias: Planeje já sua viagem!

Seguro de viagem, simples e flexível: Comprar, prolongar e requisitar online

A cada vez que você reserva pelo meu blog, eu ganho uma pequena comissão que ajuda a manter o blog, obrigada!

About The Author

Uma menina baiana morando em Londres, apaixonada por cosméticos, e por viagens.. Adora viajar e tem uma queda por Istambul e Tóquio.

Related posts

2 Comments

  1. Mariana

    Boa noite, Paula!

    Vi seu vídeo no Solo Travel Week e adorei. A parte que fiquei chateada foi sobre saber que na Finlândia há muito racismo. Eu já li em fóruns sobre isto uma outra vez. Minha prima sofreu racismo na Itália este ano e fico imaginando como deve ser nestes países que possui pouca imigração. Foi ótimo você ter alertado porque tinha vontade em conhecer o país algum dia indo sozinha. 🙁 Lógico que não são todas as pessoas que são assim…Conheço um militar finlandês e ele é super fofo e educado.

    Reply

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *