A Novela do meu Residence Card

Última atualização

residence card

 

Para morar na Inglaterra eu tenho um visto que é classificado como “não-europeu familiar de um europeu”, em termos técnicos eu tenho que pedir ao governo britânico um documento que se chama Residence Card.

Até aí tudo bem, o fato é que quando entra com o pedido do Residence Card, você precisa enviar um milhão vários documentos e seu passaporte, mas o problema é que o prazo para você receber o Residence Card são seis longuíssimos meses, durante os quais você fica sem documento, quase indigente. É bem verdade que eles enviam uma carta oficial dizendo que receberam seu pedido, inclusive é possível conseguir um trabalho com a carta, já que ela atesta que você está em situação legal no país, mas ainda assim você está sem documento, e não pode fazer nada, não pode viajar para outro país, não pode abrir conta em banco, ter telefone pós-pago, nada…quase indigente. 



Eu enviei meu pedido no final de outubro, e antes disso abri uma conta no banco e tirei várias cópias do meu passaporte, mesmo porquê eu queria entrar com o pedido do meu número do seguro social, número sem o qual é impossível encontrar um trabalho na “terra da vovó Beth”. O fato é que recusaram a xerox do meu passaporte para o pedido do meu número de seguro social (insurance number) e como eu já havia enviado meu passaporte fiquei à ver navios sobre o Tâmisa.

Tá certo que o meu Residence Card é grátis (contrariamente a quando a pessoa é casada com um britânico que paga uma taxa super cara) mas deixar a pessoa sem lenço e sem documento por seis meses é demais! Na França o “visto” que é chamado de Carte de Séjour é pago (algo em torno de 100 euros) mas você não envia seu passaporte a lugar nenhum, você vai na prefeitura, eles checam seus documentos, você entrega cópias e você sai com suas originais – passaporte incluso! E não precisa viver uma vida de semi-indigente.


O prazo máximo de 6 meses encerraria agora no final de abril, e eu comprei uma passagem para ir pro Brasil em maio. Deixei uma margem entre o prazo máximo e a minha viagem, mas estava tranquila, uma vez que pelos relatos que lí, o Residence Card sempre chegava beeeem antes do prazo máximo.


Meu pedido fez 3 meses, até aí normal. 4 meses e eu comecei a me preocupar e a cada vez que o interfone tocava eu achava que era o carteiro com meu Residence Card. Quando meu pedido ia fazer 5 meses eu comecei a ter insônia, juntou a preocupação e o fato da minha viagem se aproximar e eu comecei a dormir cada vez menos. Depois de quase 5 meses e meio eu decidi pedir meu passaporte de volta, a gente tem o direito de pedir de volta em situações de emergência, no entanto se você pedir antes que o Residence Card seja emitido, a volta para o Reino Unido fica complicada, uma vez que você terá que entrar como turista, e para isso ter que provar várias coisas.


Há duas semanas atrás eu pedi meu passaporte, e fiquei esperando preocupada pois não sabia se ele viria com meu RC. Ontem o interfone tocou, e eu quase infartei porquê sabia que era o carteiro, mas ele não disse que tinha nada para mim. Eu desço para ver se tem algo para mim, e vejo que há um papel avisando que “algo” me espera na agência dos correios, minhas pernas estremeceram na hora porquê pela primeira vez eu sabia que era meu passaporte, já que havia meu nome completo no papel, exatamente como eu pus nos documentos que enviei, e no dia a dia eu apenas uso meu primeiro nome e último sobrenome.


Claro que eu não consegui dormir direito a noite, e entre 2h da madrugada e 5h dona coruja ficou acordada cogitando a possibilidade de não ser esse documento. Então pus o despertador e as 7h da manhã, caindo de sono estava na porta do correio para pegar minha encomenda e graças a Deus era meu passaporte com meu RC! A foto está desumana, pense em mim sem maquiagem num sábado de manhã, com um rabo de cavalo despenteado pelo vento, imaginou? Mas eu nem me importei, a felicidade de voltar a ser uma pessoa “documentada” era maior.


Fiquei com um pouco de raiva quando ví a data de emissão do meu RC : 13 de abril, ou seja  eu já havia feito o pedido há 5 meses e meio e eles esperaram eu ter que pedir o passaporte para emitirem em cima da hora. Deixo aqui um recado para quem vem para o Reino Unido : Antes de enviarem os documentos pro RC abram conta em banco, assinem telefone, peçam o número do seguro social e faça tudo que tiverem que fazer, facilitem a vida de vocês.


Agora é contar os dias para comer acarajé viajar, e na volta continuar com minhas aulas de inglês e procurar um emprego agora que já tenho meus documentos em mãos!


12 COMENTÁRIOS

  1. Ih Paula, demora mesmo. O meu e o da minha mãe demoraram 5 meses, tá uma bagunça no Home Office, tá maior bafafá nos jornais por conta disso! Engraçado porque meu primeiro visto demorou SETE DIAS, mas isso há alguns anos atrás… Mas que bom saber que deu tudo certo! 🙂

  2. Bom, eu estou a espera do meu NIN mas nem por isso deixei de arranjar um emprego. O unico problema ‘e que fica mais dificil de provar, sem o passaporte, que voce tem o direito de trabalhar. Mas o NIN nao ‘e completamente necessario nao.

    Ja tenho 1 mes e meio no servico e ainda nao chegou meu numero.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.